Tags

, , ,

790856c2e4072201951697b44c8d63a9Estou encarando isso como um desafio.

Para mim esse negócio de “estilo” sempre foi algo confuso. Já mudei meu próprio estilo pelo menos umas 10x ao longo da vida. Fui do hippie ao rock n’ roll num estalar de dedos.

Passei por momentos aonde não conseguia me encontrar e hoje, mais madura e convicta, decidi mudar mais uma vez, só que para sempre!

A idéia do minimalismo veio naturalmente depois de muitos anos de consumo errado aonde me vi afogada em roupas, produtos, artigos decorativos e milhões de outras coisas que não tinham nada a ver comigo.

Pensei em começar pelo quarto, mudei a cor das paredes, me desfiz de alguns móveis e disse adeus para muitas coisas que não me agregavam em nada.

O segundo passo foi a mesa do escritório, limpando, jogando fora o que já tinha se tornado lixo a muito tempo e arrumando de maneira que tudo o que estivesse ali, tivesse um objetivo.

O último passo foi e está sendo o mais difícil, o guarda-roupas! Ali existia um problema que se arrastava a anos, o consumo NADA consciente.

Vivemos em um universo, aonde comprar cada vez mais coisas, sem julgar se são realmente necessárias, é uma prática comum e muito incentivada por todos.

É possível ter umas 300 peças dentro de um único armário e não usar metade delas? Sim! E aqui eu te lanço um desafio… enumere todas as peças de roupa que você possui, contando calçados, bolsas, acessórios e roupas.

Contou? Se assustou? Achou que tem pouco, muito? Conta pra mim!

Advertisements