Tags

, , ,

POST20_imagem1

Já parou para pensar que talvez estejamos consumindo moda, rápido demais? Isso mesmo! Em poucos anos vi muita coisa mudar, antes a gente tinha que esperar meses e até anos para que alguma coisa chegasse no Brasil! O que me impressiona é como isso mudou tão rápido em tão pouco tempo!

Atualmente assistimos a um desfile da Chanel e no mês seguinte (algumas vezes apenas semanas seguintes) várias lojas já estão vendendo peças super semelhantes.

As Fast-fashion ganharam poder. Hoje em dia, todo mundo corre para a Forever21 mais próxima para adquirir aquele produto super “in” e barato. Achamos bonito sair por ai, usando uma roupa que sequer utilizaremos denovo.

Conheço muitas pessoas que se orgulham por comprar na Ali express, gastando apenas 10 dólares em uma roupa. Paremos para refletir, é possível que uma peça seja produzida com bons materias, pagando um salário decente aos seus funcionários, arcando com envios internacionais e ainda sim cobrando míseros 10 dólares?

Quem acredita nessas mentiras contadas pelas empresas, está “fingindo” não ver, por puro egoísmo. Pensam que seu vestido longo bordado a mão, camprado por uma mixaria, vale mais que a vida de milhões de pessoas que simplesmente “não vivem com o mínimo de dignidade”.

POST20_imagem3

Como podemos mudar esse quadro? Foi à partir dessa necessidade que surgiu a idéia do “Slow Fashion”, uma moda que aposta no trabalho do artesão, com boa qualidade de materiais, que não agride o meio ambiente e pensa na exclusividade dos produtos.

Além disso, apóiam a troca entre amigos, a compra em brechós e o compartilhamento de peças com outras pessoas.

Esses são apenas alguns motivos para você refletir sobre a sua forma de consumo. A questão não é odiar a moda, é apenas consumir de maneira mais consciente.

POST20_imagem2

Advertisements